October is Depression Awareness Month

Foi celebrado no dia 1 de Outubro o Dia Europeu da Depressão, e a nível mundial todo o mês de Outubro é dedicado à sensibilização das pessoas sobre esta doença cada vez mais comum, mas ainda algo estigmatizada.

Em Portugal, os doentes que sofrem de depressão tendem ainda a ser esquecidos e pouco levados a sério, não são poucas as vezes que oiço pessoas dizerem as mais variadas barbaridades (a maioria pelas costas) sobre determinadas caraterísticas da doença, e quando acham que é corajoso dizerem-no na cara, continuam a não ajudar nadinha. Há certos sintomas da doença que são visíveis a olho nú, mas por vezes é mais fácil virar a cara para o lado, dá menos trabalho. E não, estas pessoas não estão doidas, apenas precisam de acompanhamento médico especializado, e de familiares e amigos com quem possam contar verdadeiramente, e é só. Esta doença é curável, mas demora tempo e desgasta todos os envolvidos. Em casos mais graves pode levar à morte na forma de suícidio, é a realidade dura e crua.

Caso ainda se mantenham interessadas sobre o assunto, sugiro-vos a leitura do post que a Scrangie publicou há dois dias atrás e já pelo terceiro ano consecutivo; esta menina detém um dos melhores blogs sobre unhas e vernizes que eu conheço, e faz uns swatches fabulosos. Vejam aqui.

A cor que simboliza a sensibilização para a depressão é a minha cor mais que preferida de verniz: VERDE. Este mês, será ainda mais que eleita no meu cantinho.


E hoje estou de verde, com um dos novos Colour & Go da Essence, o High Spirits.

Verniz muito bem pigmentado e com uma fórmula bem cremosa, com duas camadas cheguei facilmente à opacidade da unha. Secou rápido e deixou um brilho bom, mas passei uma camada do top coat da Jimont para lhe dar um brilho mais intenso.

E a cor deste verniz é fabulosa, um tom de verde azeitona/caqui médio, com shimmer prateado e micro micro glitter multicolorido, pouco visível a olho destreinado. Adoro este verde, a Essence lançou vários lindos, parece-me ser uma tendência internacional para os meses frios os verdes, os azuis e os greiges, principalmente com acabamentos bem brilhantes e metálicos. Vamos nessa!








Todos os comentários serão respondidos no post a que se referem

14 comentários:

Patrícia disse...

Já tive 2 depressões uma atrás da outra e a última estava quase a chegar ao esgotamento... :S
Só a minha mãe e mais meia dúzia de pessoas mais chegadas (se calhar nem tantos)é que compreendiam...
a minha única amiga inseparável era e é a cadela que eu arranjei quando o médico me diagnosticou... para onde eu vou ela vai...
entretanto conheci o meu namorado...
e talvez finais d ano passado ou inicio deste ,o médico retirou.me (finalmente) a medicação toda pois já não necessitava dela...:S

peço desculpa por deixar aqui estas palavras, mas era para realmente se perceber que há pessoas que se interessam pelo bem estar das outras e outras nem querem saber :S

beijinho

Catarina disse...

Pois infelizmente cancro e depressão são as doenças da moda...eu ando a jogar ao gato e ao rato com uma...enfim.. Olha hj comprei este verde e o azul hard to resist...infelizmente não encontrei foi a base com glitter azul como usaste. so encontrei em cor de vinho.

Maquilhagem & Acessórios da Marbel disse...

olá!!!
infelizmente é uma das doenças do sec.21 e cada vez mais afecta as pessoas independentemente da raça, sexo ou condição social.
axo que nunca tinha visto uma cor assim, é pouco comum, mas n deixa de ser bonita ...
bjs

Luisa disse...

Um assunto meuito sério...
Obrigada pelo aviso e pelo teu post já percebi os riscos que corro... ma sno fim de duas semanas vou lá mesmo
Bjs grandes
Luisa
http://efoiumdiaqueelacriouoseublogue.blogspot.com/

aprendereorganizar disse...

Um texto que dá que pensar... a cor do verniz linda...

Margareth Gervason disse...

Ainda bem que foi diagnosticada a doença pq antes nem sabiam o que era!

Linda cor amei e as unhas estão lindas
Boa semana
beijos coloridos

ana s. disse...

Infelizmente, depressão e cancro (como o Marbel disse, doenças da "moda") são coisas que conheço bem e que tenho um "bom" (em quantidade) historial na família.. Já tive 2 pessoas que, embora não fossem família mas eram como se fossem, se suicidaram.. sei bem o que isso é e que às vezes nem nos apercebemos disso.. Mas também já tive uma pessoa de família que curou uma depressão e está bem :) Não pode ser tudo mau..
Essa cor fez-me logo lembrar azeitonas, é mesmo muito gira!
***

Loucas por Esmaltes disse...

Tem 4 meses q uma tia se suicidou...essa doença mata!!! Infelizmente...

Bom, falando de coisas boas...que cor mais linda hein??


Bjinhos, Karla e Pri
loucuradosesmaltes.blogspot.com

BijuDoce disse...

Infelizmente sempre vivi de perto com depressoes, a minha mae teve varias ao longo dos anos. agora esta estavel mas de vez em quando lá cai. é uma doença horrivel e infelizmente muito mal compreendida! Infelizmente tambem estou a tentar lutar contra uma mas esta dificil... Bem. mas a cor é linda. super brilhante :)
http://bijudocelive.blogspot.com/

Miminhos disse...

Queridas amigas seguidoras e leitoras,

A todas um muito obrigada pelos vossos comentários que me deixaram sensibilizada...
A depressão é uma doença difícil, e em alguns casos não tem retorno. Conviver com esta doença é muito complicado para quem a tem e para as pessoas à volta, a maioria não compreende e por vezes torna-se cruel, e quem compreende e ajuda também passa tempos difíceis.
A querida Patrícia mencionou aqui um animal de estimação que lhe é inseparável, pois é, os animais são os primeiros a compreender que um ser humano não se encontra bem, e não o largam nem por nada, o carinho que retribuem é imensurável.
Infelizmente esta doença será uma das que mais veremos crescer nos práximos anos...

A todas as meninas que convivem com esta doença, o meu bem haja, o meu carinho, a minha sensibilidade, se um dia precisarem de desabafar eu estarei aqui. Desejo-vos as melhoras e uma rápida recuperação, e sobretudo, muita força.

Mais uma vez obrigada.

Tuli and CandyDoll disse...

Infelizmente no nosso país existe muito preconceito em relação à depressão, muitas pessoas encaram-na como algo que só pessoas que não têm nada que fazer é que têm, e não como uma doença. Acho que nos dias que correm todos nós estamos sujeitos, é tão fácil entrar e muito difícil sair dela.
Muito bom este post, parabéns.
Jocas

Tuli
http://www.prettifyournails.blogspot.com

Miminhos disse...

Olá Tuli,
Tens imensa razão, no nosso país é difícil reconhecer que se está a entrar na doença, pelo que é ainda mais difícil sair dela.
Acreditas que mesmo assim este post está muito incompleto para o meu gosto, mas também achei que iria desviar-me imeeeeeeenso do propósito deste blog, mas uma coisa é certa, ser blogger ou blogar é um escape para esta doença, é apenas uma das conclusões a que cheguei há algum tempo, embora não possa generalizar.
Na escrita das meninas e forma de pensar dá para perceber alguns casos, mas ser blogger é muito bom, eu ganhei amizades fantásticas!
Beijocas

Kika disse...

Só quem passa é que sabe dar o valor e mais não digo.
Adorei o tema amiga 5*

M Jinhos***

Miminhos disse...

Olá Kikita,
é um mundo tão difícil...
Obrigada!
Um beijinho enorme!


up